+351 213 929 563

História

Na sequência de mais de dez anos como dirigente do Movimento de Ação Católica (1938-1950), Maria Ulrich elegeu a Educação como área prioritária no Portugal de então, procurando revolucionar a pedagogia da época, começando pela educação das crianças nas primeiras idades. Inaugura, no ano de 1954, em Lisboa, uma das primeiras escolas de educadores do país.

Para dar suporte jurídico ao seu projeto, Maria Ulrich fundou a Associação de Pedagogia Infantil (API), instituição de inspiração cristã, cujos estatutos foram aprovados em 21 de Junho de 1955 pelo Ministro da Educação. Os sócios fundadores eram personalidades marcantes no campo da Pedagogia e da Saúde Infantil da época e colaboradores de Maria Ulrich no Movimento de Ação Católica, que apoiaram entusiasticamente este projeto. Obteve-se então o financiamento indispensável para o arranque da nova Escola de formação, através da generosidade de alguns destes sócios fundadores.

Sendo uma associação, a API caracteriza-se por ser uma organização dotada de autonomia e de órgãos de gestão democrática – designadamente, Assembleia geral, Conselho diretor e Conselho fiscal – que os sócios elegem entre si. Entre os seus atuais sócios contam-se funcionários e docentes, atuais e reformados, antigos alunos, educadores de escolas cooperantes e personalidades de reconhecido mérito nacional nos domínios da educação, saúde e formação.

Hoje a API é uma instituição de utilidade pública, sem fins lucrativos, que reúne a Escola Superior de Educadores de Infância Maria Ulrich, os Colégios “Nosso Jardim” (seções infantil e primária) e a Escola Profissional de Pedagogia Social.